#MeusPrimeiros21k – Bianca Terra

Por Bianca Terra
Professora Universitária

Nunca gostei de acordar cedo. Sempre disse que estudaria para não precisar fazer isso. Nunca gostei de correr.

Acho que se perguntasse a qualquer amigo meu se eles me veriam correndo no futuro a resposta seria unânime: não! Como as coisas são loucas!!! Corri a primeira vez arrastada por Cíntia Vanessa (primeira grande incentivadora e minha parceira de corrida para sempre!) para prestigiar um evento organizado pela Patrícia Guimarães (elite da corrida!!!). 5km sofridos. Gostei do negócio!!! No final da corrida (Corrida do Dia da Mulher – UVA), falamos com o representante da Sprint que estava no stand.

Celso (que no primeiro contato nem parecia o treinador durão que me cobrou e cobra e me motiva tanto!!) nos motivou e nós dissemos que entraríamos na assessoria. Mas isso envolveria acordar às 4:30 da manhã e correr pelas ruas de Sobral (Terra Sobralis é quente!).

Demoramos, até que meses depois nos juntamos a Sprint. Meu objetivo: correr 5km sem parar!!! Sério! Esse era meu objetivo!! Eu não sabia nem quantos km correspondiam a uma maratona, meia maratona… Entrei no clima!! Logo estava correndo 5km, 8km, 10km. Pronto!! Poderia parar por aí… Mas esse negócio vicia!! Eu estava acordando às 4:30 da ma-dru-ga-da feliz!! Estava comprando tênis de corrida, planejando corridas em outras cidades. Conheci pessoas maravilhosas!!! Desde os treinadores que são uns fofos competentes, Wladir, Willian, Wladimir e Alan, aos que se tornaram corredores do peito (é muita gente!).

A Sprint fez com que me sentisse acolhida em Sobral. Vir de fora sem conhecer nada e ninguém é bem pesado. A corrida me aproximou de pessoas de Sobral e de outras partes desse planetinha. A Corrida passou a ser o meu assunto preferido. A corrida passou a fazer parte da minha vida.

Na minha primeira prova (segunda de pé, da direita pra esquerda)!

Minha primeira corrida oficial (5km) foi a I Meia Maratona de Sobral (22/07/2017). Ontem, 14/07/2018 eu participei da II Meia Maratona de Sobral e fiz minha primeira Meia. Eu fiz 21km. Isso foi muito mais fácil porque tive ao meu lado meu parceiro da sorte, Victor. Ele poderia ter voado, mas foi comigo para sermos um a força do outro (Obrigada demais. Sei que você vai voar e eu sempre estarei na torcida!!).

Não sei descrever bem o que sinto (na verdade, sei sim! Sinto dores, sinto cansaço e uma fome do cão!!). Sinto também uma vontade enorme de correr mais. Sinto vontade de melhorar meu tempo. Sinto vontade de correr em lugares que nunca fui. Durante esse tempo ficou claro que a corrida traz para mim o que mais valorizo na vida, a liberdade. Agora eu tenho resposta para a pergunta que Celso me fez várias vezes: por que você corre? Eu corro porque não me contento com limites, corro porque quero diminuir o tamanho da saudade dos meus, corro porque me sinto livre, corro porque quero chegar ao infinito que o meu coração e pés me levarem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *